quarta-feira, 7 de setembro de 2011

INSTALAÇÃO DE TORNEIRA ELÉTRICA


http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/eletrica-domiciliar/2937-el034.htmlImprimirE-mail
Escrito por Newton C. Braga   

Este artigo faz parte do livro "Instalações Elétricas Sem Mistérios" de 2005. Novas normas para instalações são adotadas hoje. Sugerimos que o leitor veja a nota no final do artigo.
As torneiras elétricas funcionam segundo o mesmo princípio dos chuveiros elétricos.
Temos também um compartimento onde a água penetra e onde existe um elemento de aquecimento ligado à rede de energia.
A potência deste elemento depende tanto do fluxo de água como da temperatura final desejada, variando tipicamente entre 1 800 e 5 000 W para os tipos comuns. Trata-se portanto de um ele­tro­­do­més­tico de consumo bastante elevado e que exige uma instalação especial capaz de suportar correntes elevadas.
Os fios usados nas instalações de torneiras elétricas são os mesmos usados nas instalações de chuveiros, conforme a tensão da rede e a potência.
Também deve ser levada em conta a operação em meio úmido, que exige a precaução especial do fio terra instalado da mesma forma que no caso do chuveiro.
Assim, para a instalação de uma torneira elétrica os procedimentos são os mesmos seguidos na instalação de um chuveiro elétrico.
Na figura 1 temos o modo de fazer a conexão dos fios de ligação da torneira, usando uma barra de terminais com parafusos para maior segurança.
Evidentemente, os fios devem ficar em local bem protegido, de modo a evitar o contato acidental que poderia causar choques perigosos.

Instalando uma torneira elétrica.
Instalando uma torneira elétrica.

PROBLEMAS COM A TORNEIRA
Os problemas que ocorrem com uma torneira elétrica, em princípio, são os mesmos que acontece com os chuveiros como:

a) Problemas de aquecimento devido à pressão da água que podem ser corrigidos com o uso da arruela de fluxo ou ainda com a mudança da potência do elemento de aquecimento.
O pressurizador, em princípio, também pode ser usado na solução de problemas com torneiras, mas não é uma solução considerada ideal, tanto pelo espaço para sua instalação como pelos resultados finais.

b) Problemas de funcionamento pela abertura dos fusíveis ou disjuntores ou ainda a interrupção dos elementos de aquecimento.

c) Problemas de choques devido a um aterramento deficiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário